Páginas

quinta-feira, 6 de maio de 2010

NASCI DE NOVO! OBRIGADO SENHOR!

( Foto: Pr Nivaldo e Pr. Ari Pinheiro)
Segunda-feira, 03 de maio, era meu dia de folga do trabalho, fui ao culto na igreja onde congrego, na praia de Ingleses. O preletor da noite foi o Pastor Nivaldo, ex padre de Minas Gerais, da cidade de Governador Valadares, o qual Deus usou poderosamente para pregar uma mensagem de fé e arrependimento. Pude sentir o mover do Espírito do começo ao final do culto, quando vinte pessoas aceitaram Jesus e mais seis retornaram para a casa do Pai; de onde uma delas estava afastada havia oito anos. Uma maravilha de culto, desses que ficam marcados a fogo em nossa memória.


Afinal do culto o pastor da igreja pediu uma oferta especial para abençoar o pregador, como após ter dizimado eu havia ficado com apenas R$ 50,00 para a semana, não ofertei nada, e me dirigi para a saída da igreja. Após fazer uma foto junto com pastor Nivaldo encontrei um membro da igreja que me relatou uma dificuldade tremenda em que estava, por força de outras pessoas terem falhado em seus compromissos. Foi a deixa! Retirei os R$ 50,00 do bolso e entreguei a pessoa em questão, e fiquei em paz, pois entendi que esta era a vontade de Deus naquele momento. Já era tarde, em torno de 11 horas da noite, montei minha bicicleta e rumei para o Santinho, onde resido pela misericórdia de Deus.


Ao entrar em minha rua, uma servidão estreita e com pouca luz, tive que ir devagar, pois tem muita areia acumulada na esquina, foi quando saiu das sombras um homem com a cabeça envolta em uma camiseta, com uma mão segurou o guidão da bicicleta e com a outra encostou um revolver em minha fronte. Foi tudo muito rápido, em um segundo passou pela minha mente um filme de toda a minha vida. Lembrei de todas as promessas de Deus que ainda não haviam se cumprido; dos sonhos que ainda não realizei; minha família passou inteirinha pela minha vista, minha mãe, meu pai, irmãos, filho, tudo e todos misturados num turbilhão de adrenalina.




-Me dá a mochila! Esta foi a voz que escutei, que parecia ser de alguém bem jovem, mas soou nervosa e urgente. Com toda a calma que Deus me deu naquele instante, pedi que ele ficasse calmo, que eu ia tirar a mochila das costas e entregar, que podia levar tudo, pedi que não ficasse nervoso, avisei que na minha carteira só haviam sobrado R$ 4,00,mas que ele podia levar assim mesmo, bem como a bicicleta. Apenas pedi que devolvesse minha bíblia, pois ela tinha um valor especial que ele nunca poderia entender, e que ela não ia servir para ele naquele momento. Dentro da mochila estava a máquina fotográfica com as fotos e a filmagem do culto, eu entreguei a mochila suando muito e orando mais ainda, para que tudo terminasse logo, sem que acontecesse coisa pior.


O homem abriu a mochila, olhou a minha bíblia e viu meu nome na capa: Pr. Ari Pinheiro. No mesmo instante colocou a bíblia de volta, escondeu a arma sob o moleton e me entregou a mochila. - Não quero nada com gente de Deus pastor, vá embora, some da minha frente. Um segundo depois, com a voz diferente disse algo que me fez chorar a madrugada inteira:
- Meu nome é Lucas, ora por mim que preciso mudar de vida. Vá embora, não quero nada seu,não . Nem vi direito para onde ele foi, tão apatetado que eu estava. Ainda agora a voz continua na minha mente... Meu nome é Lucas, ora por mim que preciso mudar de vida...




Se você é uma pessoa de fé, ore pelo Lucas, ele precisa de um milagre na vida dele, assim como este que Deus operou na minha, me dando uma chance a mais de continuar adorando seu nome.




Deus seja louvado para sempre!